2

domingo

Sobre um sentimento indescritível.

Pode parecer que eu só falo de amor, ou sei lá, talvez eu só fale e não chegue a uma conclusão.
Confesso que pensar e refletir sobre muitas coisa não me cabe mais, hoje todos são legais, lêem livros e tudo mais.... Antigamente me sentia sozinha refletindo, criando, pensando coisas que pareciam besteiras e hoje todos pensam e fazer o mesmo.
Ah, que saudade daquela época em que eu não tinha se quer alguem que me tirasse o sorriso e que roubasse o brilho dos meus olhos assim como você rouba toda vez que te vejo. Voce finge não se importar, mas eu sei que se importa. Se importa tanto que não importa o que aconteça você sempre volta para minha vida, mesmo não sendo como deveria ser.
Você sabe que só eu te entendo, como tambem sabe que nao concordo com algumas atitudes que você toma, mas nao faço disso um drama e tento te ajudar da melhor forma possivel.
Você nao sabe como é dificil, hoje te tenho ao meu lado, mas nao da forma que gostaria e sei que amanha voce nao estará mais. Que estranho, que triste. Nos damos bem, mas não nos pertencemos!